Sobre o ano de 2017.

Antes de comemorar o novo ano que se aproxima, as festas de Natal, celebro comigo mesma esse ano de 2017.

Comemoro e quero continuar comemorando muito porque ele passou e deixará marcos em minha memória que nunca esquecerei.

Para 2018 e os próximos anos que se seguem, vou continuar e aprimorar os projetos que planejei para a minha vida e família, mas em especial neste ano, parte dos meus projetos se concretizaram, consegui colocar em prática planos que eu acreditava que fossem dar certo.

Daqui pra frente, as expectativas serão para ver o que de novo esses projetos trarão, o que de bom e pleno está por vir, diante de todos esses acontecimentos percebi que as realizações e conquistas são consequências.

Porque isso? Entendi que não basta fazer planos para o próximo ano, pegar a caneta e anotar em um pedaço de papel tudo que desejo de bom para a minha vida! Isso são consequências que chegam naturalmente.

Foi na virada de 2016 para 2017 que pensei que tudo seria diferente, não faria planos em papel para me sentir feliz, geralmente são metas não cumpridas, que nos frustam ao longo do ano e acabamos culpando o mundo por tudo, o sucesso não está na meta e sim no que vamos ser para cumprir esta meta, a felicidade estaria em entender que eu precisava de foco no positivo, no bem e não temer algo ruim, assim ela seria real.

Ao longo desse ano precisei de muuuito foco, planejamento, dedicação e energia para não deixar a peteca cair. Muita coisa aconteceu, portas se fecharam, mas muitas outras melhores se abriram e mais uma vez reforço a importância de manter o foco, se acreditamos, se temos certeza que as coisas ruins não vão tomar conta da nossa vida, onde muitas vezes atribuímos a “problemas” hoje tão comuns para todo mundo, elas chegam, mas vão embora e reforçam mais ainda o que estou dizendo, a decisão de fazer planos e metas começa dentro de nós mesmos e quando encontramos essa resposta e nos propomos a viver sintonizados nessa visão, as coisas fluem!

E é partir disso que para 2018 e para os próximos anos quero refletir apenas agradecendo, porque o que eu almejo de bom está dentro de mim primeiro, não é apenas um pedaço de papel. Aprendi todos os dias ao acordar, refletir positivamente em planos, desejos e tudo que sonho para mim e minha família.

Pode até ser que as coisas não aconteçam no tempo que desejamos, mas este mundo em que vivemos não foi feito para ser ingrato, ele é justo, apenas alguma situação em determinado momento pode não parecer a mais favorável, mas é a melhor para o seu crescimento.

Enfim, que se inicie mais um ano, cheio de esperanças, energias boas e amor, muito amor gente, o mundo precisa disso urgente!

Um feliz 2018 para todos!

Adorei estar com vocês durante este ano, meu primeiro ano como blogueira 🙂

Um beijo!

 

Deixe seu comentário!